MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Ministro das Finanças da Alemanha nega crise orçamentária após decisão judicial

O ministro das Finanças da Alemanha, Christian Lindner, afirmou nesta terça-feira, 28, que o país não tem uma crise orçamentária. Em sua conta na rede social "X", o dirigente indicou que a relação da dívida e o déficit nacional está diminuindo. No entanto

Matheus Andrade, especial para a AE (via Agência Estado)

·
Escrito por Matheus Andrade, especial para a AE (via Agência Estado)
Publicado em 28.11.2023, 13:48:00 Editado em 28.11.2023, 13:55:40
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O ministro das Finanças da Alemanha, Christian Lindner, afirmou nesta terça-feira, 28, que o país não tem uma crise orçamentária. Em sua conta na rede social "X", o dirigente indicou que a relação da dívida e o déficit nacional está diminuindo. No entanto, segundo como o governo quer permitir investimentos recordes e benefícios fiscais mesmo em tempos de guerra na Ucrânia, é necessário mudar as prioridades financeiras. "Agora isso requer coragem", afirmou.

continua após publicidade

O chanceler alemão, Olaf Scholz, prometeu nesta terça que seu governo trabalhará "o mais rápido possível" para resolver o tema, mas deu poucos detalhes sobre como alcançaria os objetivos de promover energia limpa e modernizar a economia em dificuldades após uma decisão judicial anular bilhões em gastos planejados.

Scholz e a sua coalizão devem decidir o que cortar no próximo ano, depois do Tribunal Superior da Alemanha ter decidido que 60 bilhões de euros em financiamento para projetos de energias renováveis, e em alívio dos preços de energia no país violariam o teto da dívida estabelecido na constituição.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Ministro das Finanças da Alemanha nega crise orçamentária após decisão judicial"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!