MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Milei diz preferir suportar um pouco mais quadro econômico débil e evitar hiperinflação

O presidente da Argentina, Javier Milei, defendeu sua estratégia para controlar a inflação no país. Durante entrevista àRádio Mitre, ele disse que prefere "suportar um pouco mais essa situação débil" na economia "para evitar uma hiperinflação". Segundo Mi

Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)

·
Escrito por Gabriel Bueno da Costa (via Agência Estado)
Publicado em 13.03.2024, 16:30:00 Editado em 13.03.2024, 16:34:47
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O presidente da Argentina, Javier Milei, defendeu sua estratégia para controlar a inflação no país. Durante entrevista àRádio Mitre, ele disse que prefere "suportar um pouco mais essa situação débil" na economia "para evitar uma hiperinflação". Segundo Milei, o núcleo da inflação está atualmente em torno de 7% ou 8%.

continua após publicidade

Ele admitiu que o dado de inflação divulgado na terça-feira "é uma tragédia", mas acrescentou que é preciso colocá-lo em perspectiva. E recordou que o quadro era muito pior quando assumiu, em dezembro.

Milei defendeu a estratégia de seu governo, como acabar com a emissão de dinheiro para financiar o déficit fiscal, e disse que há um trabalho para encerrar os controles cambiais. Ele reafirmou que o fim desses controles pode se materializar em meados do ano, e também voltou a dizer que deseja acabar com o banco central mais adiante.

continua após publicidade

O presidente recordou que esse processo de controle dos preços não costuma ser rápido, mas disse que seu governo atua para avançar rápido nessa frente. De acordo com Milei, a administração anterior, de Alberto Fernández, deixou "uma hiperinflação plantada".

Milei acusou governadores de províncias oposicionistas de "desenhar uma orgia fiscal", o que seu governo trabalha para evitar. Segundo ele, a maior carga do ajuste "está recaindo sobre a casta política".

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Milei diz preferir suportar um pouco mais quadro econômico débil e evitar hiperinflação"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!