Economia

Malpass: crise acentuou disparidades e recuperação de renda per capita é lenta

Da Redação ·

A crise do coronavírus acirrou desigualdades econômicas entre países ricos e aqueles em desenvolvimento, cuja recuperação ocorre mais lentamente, segundo afirmou o presidente do Banco Mundial, David Malpass, em discurso durante painel organizado pela instituição nesta segunda-feira (11).

continua após publicidade

Um dos resultados desta disparidade, de acordo com ele, é a retomada fraca da renda per capita global, que deve levar mais tempo para retomar seu nível anterior à pandemia de covid-19.

Malpass destacou que a recuperação econômica sequer começou para os 40% mais pobres do mundo, e cerca de 100 milhões de pessoas entraram em situação de pobreza durante a crise. Para apoiar a recuperação dos países em desenvolvimento, Malpass defendeu que é necessário auxiliá-los na consolidação de uma trajetória fiscal sustentável. "Essas nações gastaram muito durante a pandemia e não podem manter o mesmo nível de gastos indefinidamente", alertou.