Economia

Maioria das Bolsas da Europa fecha em alta; liquidez cai com feriado britânico

André Marinho (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

As bolsas europeias fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, 2, em dia de liquidez reduzida por conta de um feriado no Reino Unido, que manteve os mercados britânicos fechados. Investidores repercutiram o dado de inflação ao produtor na zona do euro, além de medidas econômicas na China.

continua após publicidade

O índice Stoxx 600, que reúne as principais ações da região, encerrou a sessão com ganho de 0,57%, a 441,23 pontos.

Os negócios têm exibido intensa volatilidade nas últimas semanas, em meio a sinais de enfraquecimento da atividade global e do avanço de pressões inflacionárias.

continua após publicidade

Na manhã desta quinta, a Eurostat, agência oficial de estatísticas da União Europeia (UE), informou que o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 37,2% em abril ante igual mês do ano passado, ganhando força ante o acréscimo anual de 36,9% (dado revisado) observado em março.

O cenário leva o Banco Central Europeu (BCE) a preparar o terreno para o primeiro aumento de juros, que deve acontecer em julho. O dirigente François Villeroy de Galhau disse nesta quinta que os países europeus devem sair de um contexto de acomodação monetária em breve.

Apesar disso, as principais praças europeias operaram no azul, com volume de negócios reduzido pelo feriado britânico.

continua após publicidade

O índice DAX, de Frankfurt, fechou em alta de 1,01%, a 14.485,17 pontos, enquanto o CAC 40, de Paris, ganhou 1,27%, a 6.500,44 pontos.

No radar também, a China anunciou a criação de uma linha de crédito de 800 bilhões de yuans para o financiamento de projetos de infraestrutura. O anúncio forneceu forte impulso aos contratos de cobre em Nova York, já que o país asiático é um dos principais motores da demanda pelo metal.

Nesse ambiente, o índice FTSE MIB, de Milão, avançou 0,59%, a 24.426,50 pontos.

Em Madri, o Ibex 35 cedeu 0,04%, a 8.744,10 pontos e, em Lisboa, o PSI 20 perdeu 0,67%, a 6.189,66 pontos.