Economia

Lira diz que vai acionar PF e Justiça para apurar queda de internet na Câmara

Iander Porcella (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse que vai pedir à Polícia Federal (PF) e ao Ministério da Justiça que apurem a queda de internet na Casa nesta terça-feira, 12. O problema técnico gerou insegurança sobre a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) "Kamikaze", que concede uma série de benefícios sociais às vésperas da eleição e decreta estado de emergência nacional.

continua após publicidade

"A apuração será rigorosa e dura com essa coincidência na Câmara dos Deputados", disse Lira. Segundo o presidente da Câmara, dois servidores de internet caíram ou "foram cortados" ao mesmo tempo. Na visão dele, o problema tecnológico é "grave" e "não é usual". Mesmo assim, após uma força-tarefa do governo para mobilizar a base e estratégias de Lira no plenário, a PEC foi aprovada em primeiro turno.

O líder do PL na Câmara, Altineu Côrtes (RJ), chegou a falar em "fraude" e "ataque à democracia", mas Lira negou que a votação no painel do plenário tenha sido fraudada.