Mais lidas

    Economia

    Economia

    Limite de crédito para órgãos em 2021 é de R$ 20,5 bilhões, diz CMN

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 26.02.2021, 14:39:00 Editado em 26.02.2021, 14:44:03
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o limite global para contratação de operações de crédito internas por instituições financeiras por órgãos e entidades do setor público em 2021, com um valor total de R$ 20,5 bilhões. O limite para operações de crédito com garantias da União por órgãos e entidades de Estados e Municípios é de R$ 9 bilhões em 2021. Já o limite para o crédito sem garantia da União para os entes subnacionais é de R$ 11 bilhões.

    O CMN aprovou ainda um limite de R$ 500 milhões para operações de crédito por órgãos e entidades da União, sem garantia do Tesouro Nacional.

    De acordo com o Ministério da Economia, o limite aprovado está alinhado às projeções de resultado fiscal dos entes subnacionais e à meta de resultado fiscal das empresas estatais federais, conforme disposto na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021.

    "O limite de R$ 20,5 bilhões estabelecido para 2021 é similar ao autorizado em 2020, que totalizou R$ 20,4 bilhões ao final daquele exercício, e inferior aos limites autorizados em 2018, de R$ 24,0 bilhões, e em 2019, de R$ 24,5 bilhões", completou a pasta.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Limite de crédito para órgãos em 2021 é de R$ 20,5 bilhões, diz CMN"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.