Economia

Juros: taxas recuam em sintonia com queda do petróleo e juros dos Treasuries

Da Redação ·

Os juros futuros recuam nesta segunda-feira, 25, em meio à queda de mais de 4% do petróleo e queda dos juros dos Treasuries. Apesar de o dólar subir ante o real, aparentemente pesam mais as preocupações com desaceleração da China por causa da nova onda de covid no país, com risco de "lockdown" também em Pequim, após as restrições impostas em Xangai. Às 9h20 desta segunda-feira, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 recuava para 11,91%, de 11,98%, e o para janeiro de 2025 caía para 12,08%, de 12,14% o ajuste anterior. O DI para janeiro de 2024 caía para 12,64%, de 12,70% no ajuste de sexta-feira. O vencimento para janeiro de 2023 estava em 12,975%, de 13,048%.

continua após publicidade