Economia

Juros: taxas recuam em sintonia com dólar antes de revisão do PAF e Campos Neto

Da Redação ·

Os juros futuros operam em leve baixa na manhã desta quarta-feira, 26, alinhados ao dólar, e liquidez reduzida, na ausência de um condutor para os negócios no início da sessão. No radar hoje está a revisão do Plano Anual de Financiamento (PAF) pelo Tesouro Nacional (14h30). Além disso, há a participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, de live do canal MyNews (17h).

continua após publicidade

Na terça-feira, Campos Neto disse que "o cenário atual continua indicando para um processo de normalização parcial, com manutenção de algum estímulo monetário".

Às 9h25, a taxa de contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 recuava para mínima de 8,71%, de 8,76% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2023 recuava para 6,66%, de 6,71%, e o para janeiro de 2022 estava na mínima de 4,98%, de 5,00% no ajuste de terça-feira.