Economia

Juros: taxas reagem em alta à ata do Copom com cenário de ciclo maior de aperto

Da Redação ·

Os juros futuros começaram a sessão desta terça-feira em alta em toda a curva, especialmente os curtos, que abriram com avanço de 13 pontos em reação ao tom mais "hawkish" da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom).

continua após publicidade

Um dos pontos destacados foi o fato de o documento falar de "ajustes adicionais em ritmo menor nas próximas reuniões". "Ao colocar o termo 'ajustes adicionais' no plural, o Copom é bastante claro ao indicar que o ciclo de aperto das condições monetárias se estenderá além da reunião de março, conforme prevíamos anteriormente", afirma em relatório a Renascença DTVM. Mais cedo, os longos tinham viés de alta, mas estavam quase estáveis, enquanto o dólar também tem alta moderada ante o real.

Às 9h12 desta terça, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 subia para 12,055%, de 11,956% no ajuste de segunda-feira. O DI para janeiro de 2025 marcava 11,03%, de 10,97%, e o para janeiro de 2027 estava em 11,13%, de 11,11% no ajuste anterior.