Economia

Juros recuam em sintonia com dólar, petróleo e juros dos Treasuries

Da Redação ·

A quinta-feira começa com queda dos juros futuros em toda a curva, acompanhando o movimento do dólar ante o real, dos juros dos Treasuries e do tombo de mais de 5% do petróleo. O movimento é mais acentuado nos juros médios e longos, enquanto os curtos estão mais perto da estabilidade.

continua após publicidade

O mercado também aguarda pelo leilão de LTN e NTN-F (11h00), que pode trazer alguma pressão de alta, e digere o dado de desemprego Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 11,2% no trimestre encerrado em fevereiro, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), ficando no piso das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast.

continua após publicidade

Às 9h35, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 caía para 11,25%, de 11,33% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2025 cedia para 11,42%, de 11,51%, e o para janeiro de 2024 estava em 12,11%, de 12,18% no ajuste de ontem. Já o vencimento para janeiro de 2023 caía para 12,755%, de 12,770%.