Economia

Juros: investidor olha varejo e exterior defensivo impulsiona taxas

Da Redação ·

O tom mais defensivo no exterior por causa da guerra na Ucrânia coloca os juros futuros em alta na manhã desta quinta-feira, 10, em sintonia com o dólar e petróleo. O movimento se dá após as vendas no varejo restrito terem subido 0,8% em janeiro ante dezembro (mediana das estimativas de 0,3%) e caído 1,9% na comparação anual (mediana das estimativas de -2,9%). No ano, as vendas no varejo caíram 1,9%, de acordo com o IBGE.

continua após publicidade

Às 9h17 desta quinta, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia a 12,16%, de 12,03% no ajuste de quarta-feira. O DI para janeiro de 2025 subia para 12,25%, de 12,12%, e o para janeiro de 2024 ia para 12,73%, de 12,59%. Na ponta curta, o DI para janeiro de 2023 marcava 12,980%, de 12,916% ontem no ajuste.