Economia

Juros ficam mais perto da estabilidade, com viés de alta nos curtos e médios

Da Redação ·

Os juros futuros estão mais perto da estabilidade na manhã desta segunda-feira, com viés de alta nos curtos e médios e de baixa nos longos, em sintonia com a queda do dólar ante o real. A alta é mais acentuado no miolo da curva, após as taxas terem fechado em baixa em oito das nove sessões anteriores.

continua após publicidade

Segundo traders, o movimento é de realização, em meio a uma liquidez fraca e agenda esvaziada.

Às 10h12, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 marcava 10,95%, de 10,97% no ajuste anterior.

continua após publicidade

O DI para janeiro de 2025 subia 11,17%, de 11,15%, e o para janeiro de 2024 subia para 11,89%, de 11,84%. Já o vencimento para janeiro de 2023 marcava 12,655%, de 12,625% no ajuste de sexta-feira.