Economia

Juros: curva desinclina com Copom mais 'hawkish'

Da Redação ·

Os juros futuros curtos operam em alta na manhã desta quinta-feira, 10, enquanto os médios e longos sobem, promovendo desinclinação da curva e refletindo a reação do mercado ao tom mais "hawkish" - ou duro - do Copom na reunião de ontem. No comunicado divulgado após o Copom manter a Selic em 2,00% ao ano, como era esperado, o Banco Central destacou que as condições para manutenção do "forward guidance" seguem satisfeitas, mas admitiu que em breve não mais assim estarão, embora também esclarecendo que a eventual retirada do "forward guidance" não significará automaticamente uma elevação da taxa de juros.

continua após publicidade

Mais em segundo plano fica resultado das vendas no varejo em outubro, que subiram 0,9% na margem, segundo o IBGE, ficando no teto das estimativas. Às 9h15, o DI para janeiro de 2022 estava em 3,09%, de 3,03% no ajuste de ontem. O vencimento para janeiro de 2023 exibia 4,51%, de 4,46%, enquanto o DI para janeiro de 2027 marcava 6,87%, de 6,96% no ajuste anterior.