Mais lidas

    Economia

    Economia

    Juros curtos caem após IPCA e longos sobem com Treasuries e cautela local

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 09.04.2021, 09:52:00 Editado em 09.04.2021, 10:00:03
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Os juros futuros operam sem direção única na manhã desta sexta-feira, com os curtos com leve recuo após o IPCA de março ter subido 0,93%, ficando abaixo do piso das estimativas dos analistas ouvidos pelo Estadão/Broadcast (0,94% e 1,10%). Além disso, o diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra, reforçou ontem à noite a indicação de nova dose de alta 75 pontos-base da Selic em maio.

    Já os longos e médios avançam em sintonia com a alta dos juros dos Treasuries e refletindo cautela local com o Orçamento de 2021. O investidor também digere a criação da CPI da Pandemia no Senado, após determinação do ministro do STF Luís Roberto Barroso, um revés para o presidente Jair Bolsonaro. A CPI tem como objetivo investigar ações e omissões do governo Jair Bolsonaro no combate à pandemia da covid-19.

    Às 9h18 desta sexta, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia a 8,83%, de 8,75% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2023 subia para de 6,45%, de 6,42%, enquanto o vencimento para janeiro de 2022 caía para 4,64%, na máxima, de 4,67% no ajuste de ontem.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Juros curtos caem após IPCA e longos sobem com Treasuries e cautela local"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.