Economia

Juro rondam ajustes, com viés de alta, com fiscal e Treasuries no radar

Da Redação ·

A alta dos juros dos Treasuries colabora para colocar os juros futuros em alta, mas o movimento é bem limitado, com avanço de até 3 pontos-base. As incertezas fiscais, segundo players, também colaboram para a leve abertura da curva, entre elas a de que o presidente Jair Bolsonaro vai ordenar a reversão da tarifa de escassez de energia mesmo em meio ainda à crise hídrica.

continua após publicidade

Há ainda incertezas sobre se haverá extensão do auxílio emergencial e sobre o Auxílio Brasil, novo nome do Bolsa Família.

Às 9h32, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 subia para 9,18%, de 9,15% no ajuste anterior.

continua após publicidade

O DI para janeiro de 2025 subia para 10,09%, de 10,06%, e o para janeiro de 2027 ia para 10,47%, de 10,46% no ajuste de ontem.

O juro da T-note de 10 anos subia a 1,551%%, ante 1,515%.