Economia

Juro DI longo fica estável e demais têm leve baixa em meio a exterior positivo

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Os juros futuros começam dezembro em leve queda, acompanhando o movimento do dólar em dia de recuperação de ativos no exterior. Também é positivo o fato de a S&P Global ter reafirmado o rating do Brasil em moeda estrangeiro em BB-.

continua após publicidade

Há pouco, no entanto, as taxas renovavam máximas conforme o dólar também perdia força e os longos passaram a ficar estáveis.

As atenções estarão voltadas para a possível votação da PEC dos Precatórios do Senado fica no foco doméstico neste primeiro dia de dezembro (16 horas).

continua após publicidade

Às 9h47, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2027 subia para máxima de 11,37%, de 11,38% no ajuste anterior.

O DI para janeiro de 2025 caía para máxima de 11,46%, de 11,49%, e o para janeiro de 2023 caía para 11,82%, de 11,88% no ajuste de ontem.