Economia

Janet Yellen e ministro japonês concordam em cooperação em questões cambiais

Matheus Andrade e redação (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, se reuniu nesta terça-feira, 12, com o ministro das Finanças do Japão, Shunichi Suzuki, ocasião na qual ambos concordaram em seguir consultando de perto os mercados de câmbio e a "cooperar conforme apropriado em questões cambiais", levando em conta os acordos previstos pelo G-7 e o G-20.

continua após publicidade

"As consequências econômicas da invasão da Rússia aumentaram a volatilidade das taxas de câmbio, o que pode ter implicações adversas para a estabilidade econômica e financeira", diz comunicado emitido pelo Departamento do Tesouro.

Levando em conta a guerra da Ucrânia e suas repercussões, a declaração aponta: "forneceremos suporte bem direcionado e construiremos uma cadeia de suprimentos mais resiliente e forte em estreita colaboração com países e organizações internacionais com ideias semelhantes".

continua após publicidade

Os representantes trataram com atenção questões da dívida global. "Enfatizamos o papel crítico da coordenação dos credores para garantir uma repartição justa dos encargos entre todos os credores no tratamento da dívida para países vulneráveis de renda média, notadamente o Sri Lanka", diz o documento.

Em mudanças climáticas, a dupla reafirmou o compromisso de atingir zero emissões líquidas de carbono em toda a economia até 2050. Já sobre taxações globais, os representantes reafirmaram apoio à proposta atual que existe no âmbito da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O encontro ocorreu em Tóquio como uma reunião bilateral que antecede o G-20 financeiro, que ocorre nesta semana na Indonésia.

Intervenção cambial

continua após publicidade

Janet Yellen, demonstrou relutância em intervir para sustentar o iene após a recente queda da moeda japonesa. Yellen, que falou em Tóquio nesta terça-feira após se encontrar com o ministro Shunichi Suzuki, disse que os EUA são a favor de que taxas de câmbio sejam determinadas pelo mercado. Ela acrescentou que intervenções por governos são justificáveis "apenas em circunstâncias raras e excepcionais".

Yellen afirmou que discutiu na reunião com Suzuki sobre como o iene "se desvalorizou substancialmente", mas os dois lados não falaram sobre políticas. Segundo a secretária do Tesouro, os EUA desejam se comunicar de perto com o Japão e outros parceiros sobre a evolução das taxas de câmbio. Fonte: Dow Jones Newswires.