Economia

IPC-Fipe sobe 0,40% na 2ª quadrissemana de março, ante +0,20% na prévia anterior

Da Redação ·

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,40% na segunda quadrissemana de março, acelerando frente ao ganho de 0,20% observado na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

continua após publicidade

Na segunda leitura de março, quatro dos sete componentes do IPC-Fipe subiram com mais força, migraram para inflação ou reduziram o ritmo de queda: Habitação (de -0,11% na primeira quadrissemana de março para 0,17% na segunda quadrissemana), Alimentação (de -0,40% para -0,31%), Transportes (de 1,95% para 2,51%) e Despesas Pessoais (de 0,16% para 0,20%).

Por outro lado, os demais itens desaceleraram ou caíram de forma mais intensa entre a primeira e a segunda quadrissemanas de março: Saúde (de 0,53% para 0,50%), Vestuário (de -0,04% para -0,09%) e Educação (de 0,08% para estável).

continua após publicidade

Veja abaixo como ficaram os componentes do IPC-Fipe na segunda quadrissemana de março:

- Habitação: 0,17%

- Alimentação: -0,31%

continua após publicidade

- Transportes: 2,51%

- Despesas Pessoais: 0,20%

- Saúde: 0,50%

continua após publicidade

- Vestuário: -0,09%

- Educação: 0,00%

- Índice Geral: 0,40%