Economia

Investimentos de teles crescem 4,8% até 3º tri ante mesmo período de 2020

Da Redação ·

Os investimentos de empresas de telecomunicações e de conectividade cresceram 4,8% nos primeiros nove meses de 2021, em comparação com mesmo período do ano passado. O desembolso passou de R$ 24,3 bilhões para R$ 25,5 bilhões, informou nesta quinta-feira, 9, o Conexis Brasil Digital, que reúne as companhias do setor. Em relação à média dos últimos quatro anos, a alta nos investimentos foi de 3,6%.

continua após publicidade

De acordo com o presidente executivo da entidade, Marcos Ferrari, os investimentos foram focados em fibra óptica, reforço da rede móvel e melhoria da qualidade das conexões. "Esse dado mostra mais uma vez o compromisso do setor com o País de aumentar a conexão", afirmou Ferrari.

Segundo ele, o patamar de investimentos para 2022 deve se manter no nível acima de R$ 30 bilhões, destacando os desembolsos que serão necessários para cumprir as exigências do leilão da tecnologia 5G. O certame, realizado em novembro, promete movimentar R$ 47,2 bilhões no setor, entre outorgas pagas ao poder público e investimentos.

continua após publicidade

Até o terceiro trimestre deste ano, enquanto os investimentos subiram, a receita bruta sofreu uma redução de 2,5% em relação ao mesmo período no ano passado. O montante saiu de R$ 199,7 bilhões, corrigido pela inflação, para R$ 194,6 bilhões até setembro.

Números de acesso

De acordo com o Conexis, o 4G já está em 5.484 municípios, onde moram 98,3% da população. No terceiro trimestre do ano, foram alcançados 193,8 milhões de acessos à tecnologia via telefonia móvel. Em setembro, o setor também chegou a 262 milhões de acessos em banda larga, fixa e móvel.