Economia

INSS paga 1º parcela do 13º salário; veja o calendário completo

Da Redação ·

O pagamento adiantado do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS começou nesta segunda-feira, 25. De acordo com a página oficial do Instituto Nacional do Seguro Social, até 6 de maio, mais de 31 milhões de pessoas serão beneficiadas com a primeira parcela.

continua após publicidade

A segunda parcela será disponibilizada entre o final de maio e começo de junho.

As liberações seguem as datas de recebimento pelo segurado, que são organizadas a partir do último número do benefício.

continua após publicidade

Por exemplo, para quem recebe até um salário mínimo e possui o número 1 como último do cadastro, os pagamentos da aposentadoria (ou pensão) e a primeira parcela do 13º de 2022 serão disponibilizados nesta segunda-feira.

Já para quem recebe valores acima de um salário mínimo, a data do recebimento será a partir do dia 2 de maio.

Confira o calendário completo abaixo.

continua após publicidade

Para quem recebe até um salário mínimo de benefício, a primeira parcela do adiantamento virá em:

- Último número do benefício 1: 25 de abril;

- Último número do benefício 2: 26 de abril;

continua após publicidade

- Último número do benefício 3: 27 de abril;

- Último número do benefício 4: 28 de abril;

continua após publicidade

- Último número do benefício 5: 29 de abril;

- Último número do benefício 6: 2 de maio;

- Último número do benefício 7: 3 de maio;

continua após publicidade

- Último número do benefício 8: 4 de maio;

- Último número do benefício 9: 5 de maio;

- Último número do benefício 0: 6 de maio.

continua após publicidade

Para quem recebe acima de um salário mínimo de benefício, a primeira parcela do adiantamento virá em:

- Último número do benefício 1: 2 de maio;

continua após publicidade

- Último número do benefício 2: 3 de maio;

- Último número do benefício 3: 4 de maio;

- Último número do benefício 4: 5 de maio;

continua após publicidade

- Último número do benefício 5: 6 de maio;

- Último número do benefício 6: 2 de maio;

- Último número do benefício 7: 3 de maio;

continua após publicidade

- Último número do benefício 8: 4 de maio;

- Último número do benefício 9: 5 de maio;

continua após publicidade

- Último número do benefício 0: 6 de maio.

Para quem recebe até um salário mínimo de benefício, a segunda parcela do adiantamento virá em:

- Último número do benefício 1: 25 de maio;

continua após publicidade

- Último número do benefício 2: 26 de maio;

- Último número do benefício 3: 27 de maio;

- Último número do benefício 4: 30 de maio;

continua após publicidade

- Último número do benefício 5: 31 de maio;

- Último número do benefício 6: 1 de junho;

continua após publicidade

- Último número do benefício 7: 2 de junho;

- Último número do benefício 8: 3 de junho;

- Último número do benefício 9: 6 de junho;

continua após publicidade

- Último número do benefício 0: 7 de junho.

Para quem recebe acima de um salário mínimo de benefício, a segunda parcela do adiantamento virá em:

- Último número do benefício 1: 1 de junho;

- Último número do benefício 2: 2 de junho;

- Último número do benefício 3: 3 de junho;

- Último número do benefício 4: 6 de junho;

- Último número do benefício 5: 7 de junho;

- Último número do benefício 6: 1 de junho;

- Último número do benefício 7: 2 de junho;

- Último número do benefício 8: 3 de junho;

- Último número do benefício 9: 6 de junho;

- Último número do benefício 0: 7 de junho.

Segundo informações do INSS, a expectativa é que haja injeção de cerca de R$ 56,7 bilhões na economia.

De acordo com o decreto 1.002/22, a primeira parcela corresponde a 50% do valor do salário de abril e será paga junto ao benefício do respectivo mês.

Já a segunda parcela é a diferença entre o valor do abono e o valor antecipado. Esta será disponibilizada junto à competência de maio.

É possível conferir o extrato do benefício por meio do Meu INSS, disponível na internet e aplicativos móveis.

Para consultas, também é possível entrar em contato com a central de atendimento do INSS, por meio do número 135.