MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Inflação parece que vai engrenar melhora, mesmo que lenta, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, destacou na noite da segunda-feira, 29, que o Brasil entrou em uma "janela em que provavelmente" a queda da inflação vai continuar. "A gente tem uma inflação que parece que vai engrenar uma melhora, mesm

Eduardo Laguna, Francisco Carlos de Assis e Mateus Fagundes (via Agência Estado)

·
Escrito por Eduardo Laguna, Francisco Carlos de Assis e Mateus Fagundes (via Agência Estado)
Publicado em 30.05.2023, 13:24:00 Editado em 30.05.2023, 13:32:09
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, destacou na noite da segunda-feira, 29, que o Brasil entrou em uma "janela em que provavelmente" a queda da inflação vai continuar. "A gente tem uma inflação que parece que vai engrenar uma melhora, mesmo que lenta, ao mesmo tempo que a atividade tem surpreendido para cima", afirmou, em premiação em Fortaleza.

continua após publicidade

O chefe da autoridade monetária disse que, pela primeira vez, o Brasil passa por um surto de inflação global com índices de preços abaixo da média internacional e que isso se deve ao fato de o BC ter iniciado o ajuste monetário mais rápido.

Nesse ponto, ele frisou que a inflação cheia no Brasil foi a que mais caiu entre os emergentes. No entanto, as médias de núcleos, observadas pelo BC, caem lentamente, o que demanda cuidado. "Ainda tem um trabalho a ser feito", afirmou.

continua após publicidade

Campos Neto também expressou otimismo com a melhora das expectativas de inflação no longo prazo, que, observou, seguem bastante elevadas em razão do debate sobre a meta e as incertezas fiscais.

Referindo-se ao novo arcabouço fiscal, aprovado pela Câmara, Campos Neto disse que a parte das incertezas fiscais está sendo endereçada.

"Então, a gente entende que isso vai melhorar", afirmou o presidente do BC, após mostrar que, apesar da melhora das expectativas nas últimas semanas para a inflação de 2023 e 2024, as projeções de longo prazo do mercado seguem em 4%, quando a meta é de 3%.

Campos Neto citou ainda a redução do potencial de crescimento do Brasil ao explicar os juros altos e defender reformas que melhorem a produtividade, que, pontuou, ficou parada na volta da pandemia.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Inflação parece que vai engrenar melhora, mesmo que lenta, diz Campos Neto"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!