IIF: Brasil precisa fazer cortes significativos logo para cumprir regra fiscal - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

IIF: Brasil precisa fazer cortes significativos logo para cumprir regra fiscal

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) destaca em relatório que o Brasil precisará fazer em breve "cortes significativos" em seus gastos, a fim de cumprir sua regra fiscal. A entidade, formada pelos 500 maiores bancos do mundo e com sede em Washington, comenta que nos últimos meses já tem citado as preocupações com a trajetória fiscal do País, diante de sua "grande resposta fiscal à covid-19".

O IIF diz que o Brasil possui o maior déficit fiscal entre os emergentes no quadro atual, mas com emissões de bônus modestas até agora. "Depósitos do governo no Banco Central financiam o déficit, e o BC esteriliza a operação com o uso de acordos de recompra", aponta. O IIF afirma que essas operações de recompra são "muito mais baratas do que a emissão" de bônus, mas também diminuem o vencimento médio da dívida pública.

Segundo o IIF, o aumento de gastos públicos do País foi similar ao de nações desenvolvidas para lidar com a pandemia, mas em breve serão necessários cortes para atender à regra fiscal. Para o instituto, essa operação será "dura", em um momento de pressão por mais gastos sociais.

O IIF comenta que a amortização do Brasil prevista para o próximo ano deve ficar em nível similar ao do início dos anos 2000, com uma série de vencimentos "por volta de abril".

O fato de que o País possui poucos bônus em moeda estrangeira reduz as preocupações sobre essas rolagens, "mas o risco de que grandes parcelas da dívida tenham de ser refinanciadas em taxas de juros mais altas ganha relevância", alerta, para lembrar que, em geral, vencimentos muito mais curtos sinalizam "uma situação frágil".

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "IIF: Brasil precisa fazer cortes significativos logo para cumprir regra fiscal"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.