IHS Markit: PMI industrial do País acelera 64,9 em setembro, em máxima histórica - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

IHS Markit: PMI industrial do País acelera 64,9 em setembro, em máxima histórica

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria de transformação brasileira ganhou tração pelo quarto mês seguido em setembro, ao atingir os 64,9 pontos, segundo informou nesta quinta-feira a IHS Markit. É a terceira vez consecutiva que o indicador quebra seu recorde histórico de alta, após julho (58,2) e agosto (64,7).

"Diversas empresas sugeriram que o abrandamento das restrições relacionadas à covid-19 as ajudou a atingir um volume saudável de novos pedidos, com a depreciação do real brasileiro em relação ao dólar norte-americano servindo de base para a primeira expansão nos níveis de exportação em mais de um ano", disse, em nota, a diretora econômica da IHS Markit, Pollyanna de Lima. Quando acima dos 50 pontos, o PMI sinaliza melhora nas expectativas dos empresários do setor em relação ao mês anterior.

De acordo com a empresa, o aumento do PMI de setembro em relação a agosto foi puxado por uma melhora nos índices de emprego e estoque de insumos, além de um crescimento nos prazos médios de entrega. O volume de pedidos teve aumento acentuado em setembro, no segundo ritmo mais forte desde o início da pesquisa.

Os industriais também aumentaram o nível da produção no segundo ritmo mais intenso desde 2006. A elevação só ficou atrás da observada na passagem de julho para setembro, segundo a IHS Markit. Mesmo assim, o aumento dos pedidos em atraso foi recorde na série histórica da pesquisa e as empresas citaram escassez de materiais e problemas de fornecedores.

"A dificuldade de obtenção de itens fundamentais para a produção forçou as empresas a diminuir os estoques de bens acabados. Além disso, como agora é necessário mais dinheiro para comprar poucos produtos, isso significa um aumento recorde dos custos de insumos", disse Pollyanna.

Em setembro, os preços de insumos e bens cresceram em ritmos recordes para a pesquisa. O aumento foi associado à depreciação do real, além da alta demanda pelos insumos e da falta de matéria-prima disponível. Nos próximos 12 meses, as empresas esperam aumento na produção.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "IHS Markit: PMI industrial do País acelera 64,9 em setembro, em máxima histórica"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.