Economia

Ibovespa reduz queda e retoma 104 mil pontos apesar de NY e de olho em Petrobras

Da Redação ·

O Ibovespa tenta retomar o nível dos 104 mil pontos, mas tem queda firme, na faixa de 1%, seguindo a aversão a risco externa. "Ainda tem impacto do Fed alta de juros esta semana. Com a maior economia pagando mais, isso tem impacto direto no câmbio, na renda variável. E o payroll veio um pouco acima, mas ainda diz muito pouco. Temos de ver como isso terá impacto na inflação", avalia João Negrão, assessor de investimentos da SVN. Ele refere-se à criação de vaga em abril nos Estados Unidos em abril. Em Nova York, as quedas superam 1%

continua após publicidade

A economia dos Estados Unidos criou 428 mil vagas no mês passado. O resultado superou a expectativa de analistas, de geração de 400 mil postos. Já a taxa de desemprego dos EUA ficou estável em 3,6% em abril. Em abril, o salário médio por hora avançou 0,3% em relação a março, ou US$ 0,10, a US$ 31,85, um pouco abaixo da previsão de alta de 0,40%. Na comparação anual, houve acréscimo salarial de 5,5% no último mês, em linha com a projeção do mercado.

Após uma primeira reação em alta moderada, o mercado passou a reavaliar os números. O desempenho sugere que a instabilidade será tônica no mercado à vista, apesar dos bons números da Petrobras. No entanto, a cautela é geral em meio a preocupações com a escalada da inflação e dos juros, enquanto crescem temores de recessão americana.

continua após publicidade

"Emprego forte e salário um pouco abaixo, enquanto o desemprego subiu estável em 3,6%. Ainda estamos olhando os detalhes, mas não parece mudar a percepção do mercado de altas de juros pelo Fed", avalia Cesar Mikail, gestor de renda variável da Western Asset.

Outro impacto que deixa o mundo de olhos abertos, acrescenta Negrão, da SVN, é o fato de o governo chinês ter afirmando que não arredará o pé em relação à política de covid zero no pais. "Tudo isso, é mais impacto na inflação. O porto de Xangai, um dos maiores do mundo, está fechado. E o petróleo agrega pressão", diz.

Às 11h04, o Ibovespa cedia 0,81%, aos 104.494,68 pontos, ante mínima diária a 103.984,1 pontos (-1,25%). As ações da Petrobras retomavam alta de olho nas falas de membros da empresa após divulgação do balanço.

continua após publicidade

A estatal informou crescimento de quase 4.000% em seu lucro no primeiro trimestre, bem como a promessa de pagamento de dividendos. O lucro do Bradesco, por sua vez, cresceu 4,7% em relação ao primeiro trimestre de 2021, em linha com as estimativas do Prévias Broadcast. As ações do banco também sobem

A valorização do petróleo - a cotação do tipo Brent que é referência para os preços da companhia já supera a marca de US$ 113 por barril - fica no radar à medida que cresce a pressão para que a companhia repasse este encarecimento para os combustíveis. No entanto, ontem o presidente Jair Bolsonaro disse que a Petrobras vai quebrar e causar convulsão nacional se reajustar os preços. O temor de ingerência política é a grande questão que permanece no radar dos investidores.

Ontem, o Ibovespa fechou em baixa de 2,81%, na maior perda porcentual desde 30 julho de 2021 (-3,08%), aos 105.304,19 pontos.