Economia

Ibovespa opera em queda superior a 2% em dia de noticiário negativo

Da Redação ·

O Índice Bovespa abriu já em forte queda nesta terça-feira, com as principais blue chips do mercado registrando perdas de até 5%. Pesam no mercado de ações algumas das últimas medidas do governo, bem como declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes.

continua após publicidade

As ações de bancos dão continuidade às perdas já registradas ontem, em reflexo do anúncio de aumento a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos, como forma de compensação à desoneração do diesel e do gás de cozinha.

De acordo com o Bradesco BBI, a elevação temporária da CSLL de 20% para 25%, para os bancos é claramente "negativa" para todo o setor. Os impactos já sentidos no mercado, porém, devem ser mais modestos, conforme breve comentário ao mercado.

continua após publicidade

O temor de ingerência política na Petrobras ganhou força hoje depois que Paulo Guedes sugeriu direcionar "aos pobres" os resultados da estatal.

Outro ponto de preocupação no mercado está relacionado ao avanço da covid-19 no País, com expectativa de adoção de lockdown em diversas localidades, inclusive em São Paulo.

Às 10h35, o Ibovespa tinha 107.319,15 pontos, na mínima do dia, em baixa de 2,73%. Petrobras ON e PN recuavam 5,55% e 5,36%, nesta ordem.

O Ifinanceiro, índice que congrega 20 ações do segmento de bancos, previdência e seguros, tinha perda de 2,84%.