MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Haddad diz que pediu para os EUA estimularem a aproximação das empresas em renováveis

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, manifestou neste sábado, 2, ao enviado do presidente Joe Biden para questões de clima, John Kerry, o desejo de os Estados Unidos estimularem a aproximação das empresas americanas com as brasileiras na "produção do q

Karla Spotorno (via Agência Estado)

·
Escrito por Karla Spotorno (via Agência Estado)
Publicado em 02.12.2023, 10:50:00 Editado em 02.12.2023, 10:56:29
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, manifestou neste sábado, 2, ao enviado do presidente Joe Biden para questões de clima, John Kerry, o desejo de os Estados Unidos estimularem a aproximação das empresas americanas com as brasileiras na "produção do que é necessário para produzir energias renováveis no Brasil".

continua após publicidade

A ideia é que a cooperação entre companhias americanas e brasileiras torne o Brasil mais independente de componentes estrangeiros necessários na energia solar, eólica e de hidrogênio verde.

Haddad reuniu-se com Kerry no pavilhão do Brasil na 28ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28), que ocorre em Dubai (Emirados Árabes Unidos).

continua após publicidade

"Recebi o senhor Kerry com satisfação sobretudo pelo apoio dos EUA ao Plano de Transformação Ecológica", disse Haddad.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Haddad diz que pediu para os EUA estimularem a aproximação das empresas em renováveis"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!