Economia

Há bastante avanço para trazer gás de Vaca Muerta da Argentina, diz Bolsonaro

Bruno Luiz e Eduardo Gayer (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), voltou a falar nesta quarta-feira, 29, sobre as negociações para que o País receba gás natural produzido pela Argentina. "Estamos bastante avançados para trazer gás de Vaca Muerta da Argentina para nós", afirmou durante evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

continua após publicidade

O Brasil negocia com a Argentina a manutenção do acordo para exploração do gás em Vaca Muerta, região do país vizinho que possui o segundo maior depósito de gás de xisto do mundo.

O projeto prevê a construção de uma rede de gasodutos que ligariam a mina argentina ao sul do Brasil, em uma proposta de investimento de 3,7 bilhões de dólares e ligações de 1,4 mil quilômetros.

continua após publicidade

Medidas na economia

Durante o evento, o presidente afirmou que há "dificuldade enorme de evoluir em reforma tributária".

Ele também falou sobre medidas tomadas pelo governo na economia.

continua após publicidade

A representantes da indústria, Bolsonaro destacou o Marco Legal do Saneamento e a Lei de Liberdade Econômica como feitos da gestão.

Zona Franca de Manaus

O presidente afirmou ainda torcer pela derrubada da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que manteve a cobrança do IPI sobre produtos feitos na Zona Franca de Manaus.

Segundo o chefe do Executivo, isso contribuiria para a redução de tributos. "Brasil tem tudo para crescer, exemplo já demos com redução da carga tributária", disse.