Guimarães diz que Caixa estuda reduzir mais os juros do cheque especial - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Economia

Guimarães diz que Caixa estuda reduzir mais os juros do cheque especial

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, indicou nesta quinta-feira, 17, que os juros do cheque especial cobrados pelo banco podem ser reduzidos. Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, Guimarães afirmou que a atual taxa cobrada pela Caixa está em 1,8% ao mês e que pode diminuir mais. Bolsonaro classificou a taxa como quase "inacreditável" e a comparou como sendo próxima a de "países de primeiro mundo".

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais junto ao presidente, Guimarães também informou na próxima segunda-feira, 21, a antecipação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) chegará a 60 milhões de pessoas, contando com os nascidos em dezembro.

"Nesta segunda-feira, iremos completar 60 milhões pessoas recebendo o FGTS, a antecipação, num valor de R$ 37,8 bilhões", disse.

Auxílio emergencial

O presidente da Caixa destacou que, com o auxílio emergencial pago para trabalhadores informais, autônomos e desempregados, encontrou 37,5 milhões de brasileiros que eram "invisíveis e não estavam em nenhum programa social".

Ele aproveitou para mencionar ainda que, antes da pandemia da covid-19, cerca de 33 milhões de pessoas não tinham conta em banco. "Essas pessoas iam para um agiota e tomavam 20% ao mês (de juros)", disse. Para o pagamento do auxílio, a Caixa Econômica precisou criar contas poupanças sociais digitais para viabilizar o pagamento do benefício.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Guimarães diz que Caixa estuda reduzir mais os juros do cheque especial"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.