Economia

Guedes: Discordo da ideia de desancoragem das expectativas de inflação

Da Redação ·

O ministro da Economia, Paulo Guedes, rebateu neste domingo, 12, o aviso feito na quarta-feira pelo Banco Central (BC) de que as mudanças no regime fiscal elevaram o risco de desancoragem das expectativas da inflação.

continua após publicidade

"Discordo da ideia de desancoragem", comentou Guedes durante entrevista ao programa Canal Livre, da Band. "Quem vê que o déficit fiscal (primário) está caindo de 10% (do PIB) para meio, pode achar que é o Banco Central quem está dormindo no volante", complementou o ministro da Economia, referindo-se a um trecho do último comunicado do Comitê de Política Monetária (Copom) no qual o colegiado avalia que questionamentos ao arcabouço fiscal elevam o risco de desancoragem da inflação.

Na sequência, ao moderar a crítica, Guedes observou que os bancos centrais estão dormindo no volante no mundo inteiro e "se excedendo" com juros negativos, mas o BC do Brasil "acordou mais cedo".

continua após publicidade

"Confio no Roberto Campos Neto (presidente do BC), e acho que ele está se movendo mais rápido do que os outros (...) Acredito na condução da política monetária", afirmou o ministro da Economia.