Economia

Grupo Habitação recua 1,14% no IPCA de abril

Da Redação ·

As famílias brasileiras gastaram 1,14% a menos com habitação em abril, uma contribuição de - 0,18 ponto porcentual para a taxa de 1,06% registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no mês, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

continua após publicidade

O recuo foi puxado pela queda de 6,27% no custo da energia elétrica, que resultou numa contribuição de -0,31 ponto porcentual para a inflação.

Desde 16 de abril, passou a vigorar a bandeira tarifária verde, extinguindo a cobrança extra na conta de luz em vigor desde setembro do ano passado pelo acionamento da bandeira tarifária de Escassez Hídrica, que acrescentava R$ 14,20 a cada 100 KWh consumidos.

continua após publicidade

"O que ajudou a frear o IPCA no mês de abril foi de fato a queda na energia elétrica, que teve a maior contribuição individual (negativa) no índice do mês", afirmou André Almeida, analista do IBGE.

Na direção oposta, houve altas no gás de botijão (3,32%) e no gás encanado (1,38%).