Economia

GPA: faturamento consolidado chega a R$ 11,1 bilhões no 1º trimestre

Da Redação ·

O Grupo GPA registrou um faturamento bruto total consolidado das operações continuadas de R$ 11,1 bilhões no primeiro trimestre de 2022. A cifra representa uma alta de 11,2% no conceito mesmas lojas (SSS) em comparação ao mesmo período do ano passado. Excluindo as operações de postos, o crescimento foi de 13,1%.

continua após publicidade

O GPA Brasil reportou receita bruta de vendas no perímetro continuado, excluindo postos, de R$ 3,8 bilhões nos três primeiros meses do ano, em linha com o valor reportado um ano antes. "Impactado por um efeito pontual na ruptura, explicado pelo momento de ajuste na malha logística após os fechamentos dos hipermercados", segundo a empresa.

Apesar desse cenário, a penetração de vendas online total foi de 9,9% e a venda do e-commerce totalizou R$ 369 milhões, avanço anual de 44%, excluindo as vendas dos hipermercados que foram descontinuados.

continua após publicidade

O Grupo Éxito, por sua vez, registrou vendas totais de R$ 6,8 bilhões, com alta anual de 20,8% no conceito mesmas lojas. A empresa atribui o resultado principalmente ao aumento do tráfego em lojas e pela reabertura econômica com a retomada do turismo. As vendas omnichannel representaram 9,4% das totais reportadas no período em questão.

Entre janeiro e março, o GPA finalizou o processo de fechamento dos Extras hipermercados e drogarias, finalizando a operação de 41 hipermercados, ficando com 31 lojas em conversão ou análise e fechando 68 drogarias.

No mesmo período, abriu duas novas lojas do formato Minuto Pão de Açúcar. No Grupo Éxito, encerrou quatro unidades para conversão na Colômbia e outras 14 (13 na Colômbia e 1 no Uruguai) para otimização do portfólio.