MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Governo envia PL da folha de pagamento, mas ainda não publicou MP que anula reoneração

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva formalizou noDiário Oficial da União (DOU)desta quarta-feira (28) o envio ao Congresso Nacional do projeto de lei que trata de "desoneração parcial" da contribuição previdenciária sobre a folha de pagament

Luci Ribeiro (via Agência Estado)

·
Escrito por Luci Ribeiro (via Agência Estado)
Publicado em 28.02.2024, 09:13:00 Editado em 28.02.2024, 09:20:06
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva formalizou noDiário Oficial da União (DOU)desta quarta-feira (28) o envio ao Congresso Nacional do projeto de lei que trata de "desoneração parcial" da contribuição previdenciária sobre a folha de pagamento de setores econômicos. A mensagem publicada não detalha o teor da matéria, só cita que o texto "revoga o benefício fiscal de que tratam os art. 7º a art. 10 da Lei nº 12.546, de 14 de dezembro de 2011, desonera parcialmente a contribuição previdenciária sobre a folha de pagamento e dá outras providências."

continua após publicidade

Depois de acordo entre governo e Parlamento, o projeto de lei irá substituir a medida provisória da reoneração da folha, que foi editada em dezembro do ano passado e causou descontentamento no Congresso por reverter a decisão das duas Casas legislativas de desonerar 17 setores produtivos.

Na terça-feira, 27, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse que o presidente Lula assinou medida provisória para revogar o trecho do impasse, ou seja, tornar sem efeitos todos os dispositivos que previam a reoneração dos 17 setores atendidos pelo benefício. O ministro confirmou que o tema agora passará a ser discutido por meio de projeto de lei com urgência constitucional no Congresso. A MP que anula a reoneração, no entanto, ainda não veio publicada noDiário Oficial.

continua após publicidade

A medida provisória anterior, publicada em dezembro, também revoga o Perse, programa voltado para o setor de eventos criado na pandemia e mantido pelo Legislativo, e limita a compensação tributária. Esses trechos, de acordo com Padilha, continuam valendo dentro da MP anterior. Segundo Padilha, o ministro Haddad apresentará dados do impacto dessas medidas na contas públicas ao Congresso na semana que vem.

Sobre o projeto de lei, o governo já disse que a matéria tem conteúdo idêntico ao da MP de dezembro. A intenção do Poder Executivo é insistir na negociação para conseguir aprovação da proposta como foi enviada antes, já que a reoneração da folha é uma das principais medidas do plano do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para aumentar a arrecadação e pôr as contas públicas em ordem. Parlamentares resistem e já avisaram que não há qualquer chance de uma proposta de reoneração, como estava na MP, avançar no Congresso.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Governo envia PL da folha de pagamento, mas ainda não publicou MP que anula reoneração"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!