MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Gleisi diz que não há justificativa econômica nem moral para Copom manter Selic a 10,50%

A presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann, criticou na noite da quarta-feira, 19, a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de manter a Selic em 10,50% ao ano. "Não há justificativa técnica, econômica e muito menos moral para manter a taxa bási

Mateus Fagundes (via Agência Estado)

·
Escrito por Mateus Fagundes (via Agência Estado)
Publicado em 20.06.2024, 11:32:00 Editado em 20.06.2024, 11:39:43
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann, criticou na noite da quarta-feira, 19, a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de manter a Selic em 10,50% ao ano. "Não há justificativa técnica, econômica e muito menos moral para manter a taxa básica de juros em 10,5%, quando nem as mais exageradas especulações colocam em risco a banda da meta de inflação. E não será fazendo o jogo do mercado e dos especuladores que a direção do BC vai conquistar credibilidade, nem hoje nem nunca", escreveu a deputada.

continua após publicidade

Na terça-feira, 18, a Coluna do Estadão revelou que a parlamentar protocolou uma ação popular na Justiça do Distrito Federal contra o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

A estratégia do partido é de centrar os ataques no banqueiro central.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

Deixe seu comentário sobre: "Gleisi diz que não há justificativa econômica nem moral para Copom manter Selic a 10,50%"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
Compartilhe! x

Inscreva-se na nossa newsletter

Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!