MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Gleisi: Congresso terá 'muita sensibilidade' para debater e aprovar a PEC

A presidente do PT e uma das coordenadoras do governo de transição, Gleisi Hoffmann, avaliou na noite desta segunda-feira, 21, que o Congresso terá "muita sensibilidade" para debater e aprovar a PEC da Transição, meio escolhido pelo governo eleito de mant

Amanda Pupo (via Agência Estado)

·
Escrito por Amanda Pupo (via Agência Estado)
Publicado em 21.11.2022, 19:39:00 Editado em 21.11.2022, 19:44:12
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A presidente do PT e uma das coordenadoras do governo de transição, Gleisi Hoffmann, avaliou na noite desta segunda-feira, 21, que o Congresso terá "muita sensibilidade" para debater e aprovar a PEC da Transição, meio escolhido pelo governo eleito de manter o Auxílio Brasil, que deve voltar a ser Bolsa Família, em R$ 600 no próximo ano. "Não vai engasgar não. Eu avalio que vamos ter muito sucesso nessa tramitação. Estamos falando com os líderes", disse Gleisi ao deixar o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição.

continua após publicidade

Ela tem reunião com a bancada de senadores do PT nesta noite sobre o tema. A presidente do PT disse ainda que o estabelecimento ou não de um prazo para os recursos não serem contabilizados no teto de gastos vai depender do Congresso. No seu entendimento, contudo, a melhor opção seria a não fixação de um período no texto, afirmou.

"Vou pegar as informações certinhas agora com a bancada do Senado, sobre quando vai dar entrada", disse Gleisi ao ser questionada sobre a apresentação do texto final da PEC.

continua após publicidade

Questionada sobre a agenda do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a presidente do PT afirmou que o político está bem após o procedimento cirúrgico, e que estará em Brasília na quarta-feira, 23. O governo de transição espera a chegada de Lula para escolher os integrantes do GT de Defesa.

"Possivelmente na quarta, vai depender do presidente", afirmou. Questionada ainda sobre as negociações para escolha dos ministros do governo Lula, Gleisi também respondeu que as conversas dependem de Lula. "Isso cabe ao presidente iniciar, ele ainda não iniciou", disse.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

Deixe seu comentário sobre: "Gleisi: Congresso terá 'muita sensibilidade' para debater e aprovar a PEC"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
Compartilhe! x

Inscreva-se na nossa newsletter

Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!