Mais lidas

    Economia

    Economia

    Gasto com saúde aumenta 1,19% em abril e gera importante impacto no IPCA

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 11.05.2021, 11:28:00 Editado em 11.05.2021, 11:35:46
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    As famílias gastaram 1,19% a mais com saúde e cuidados pessoais em abril, o equivalente a um impacto de 0,16 ponto porcentual na inflação de 0,31% medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no mês, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

    A alta foi puxada pelos produtos farmacêuticos (2,69%), que contribuíram com 0,09 ponto porcentual para o IPCA. No dia 1º de abril, foi autorizado o reajuste de até 10,08% no preço dos medicamentos, dependendo da classe terapêutica, justificou o IBGE.

    A maior variação no item foi a dos remédios anti-infecciosos e antibióticos (5,20%). Houve alta também nos produtos de higiene pessoal (0,99%), com contribuição de 0,04 ponto porcentual.

    Grupos no IPCA

    No mês de abril, apenas um dos nove grupos que integram o IPCA registrou deflação: Transportes, com queda de 0,08%.

    Além de saúde, houve alta de preços em Alimentação e bebidas (0,40%), Habitação (0,22%), Artigos de residência (0,57%), Vestuário (0,47%), Despesas pessoais (0,01%), Educação (0,04%) e Comunicação (0,08%).

    Todas as 16 áreas pesquisadas apresentaram altas de preços em abril. O resultado mais brando foi o de Brasília (0,05%), enquanto a maior taxa ficou com o município de Rio Branco (0,96%).

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Gasto com saúde aumenta 1,19% em abril e gera importante impacto no IPCA"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.