Mais lidas

    Economia

    Economia

    G-7 concorda com injeção de recursos a países pobres por instrumento do FMI

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 19.03.2021, 15:13:00 Editado em 19.03.2021, 15:20:30
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Em reunião nesta sexta-feira, 19, os ministros das finanças do G-7 concordaram em injetar "volumosos" recursos ao programa do Fundo Monetário Internacional (FMI) que fornece liquidez e financiamento para países pobres. A informação foi confirmada pelo Tesouro britânico, em comunicado.

    A ajuda será feita por meio dos chamados Direitos Especiais de Saques (DES), ativos em reserva estrangeira emitidos pelo FMI para impulsionar as reservas de nações.

    De acordo com a nota, o objetivo é liberar dinheiro para necessidades cruciais, entre elas a distribuição de vacinas contra o coronavírus e a importação de alimentos.

    Essa será a quinta vez na história em que haverá emissão de DES, a última tendo ocorrida após a crise financeira de 2009. O G-7, agora, pretende levar a proposta para o G-20 e, depois, para o próprio FMI, que precisa conceder o aval.

    "Foi acordado que o G7 trabalharia com o FMI para progredir no aumento da transparência e responsabilidade em torno do uso de DES e explorar como os países poderiam reciclar voluntariamente seus ativos de DES para apoiar ainda mais os países de baixa renda", destaca a nota.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "G-7 concorda com injeção de recursos a países pobres por instrumento do FMI"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.