Economia

Fundador da Evergrande vende participação de US$ 343 milhões

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O fundador e presidente do grupo chinês Evergrande, Hui Ka Yan, vendeu na quinta-feira, 25, grande parte de suas ações na gigante imobiliária, levantando o equivalente a cerca de US$ 343 milhões. A participação de Hui caiu de quase 77% para 67,9%, mostrou documento. No entanto, não foi relevado quem foi o comprador.

continua após publicidade

A Evergrande, que recentemente relatou cerca de US$ 300 bilhões em dívidas, tem se esforçado para vender ativos para fazer pagamentos de juros e evitar o calote de seus títulos internacionais.

O produto da venda de Hui será usado para financiar a incorporadora, disse uma pessoa familiarizada com a situação. A prioridade da empresa é retomar as obras de seus projetos habitacionais para entregar aos clientes as casas que já foram vendidas, acrescentou a fonte.

continua após publicidade

A própria companhia vendeu uma variedade de ativos nas últimas semanas, incluindo dois jatos, participações em um banco chinês e um projeto residencial em Hong Kong.

Na semana passada, a Evergrande disse que concordou em descarregar sua participação remanescente de 18% em um empreendimento comercial com a Tencent Holdings.