Economia

Funcionamento 24h de porto já demonstra resultados para gargalos, diz Casa Branca

Da Redação ·

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, informou que a abertura 24 horas por dia dos principais portos dos Estados Unidos já está mostrando resultados diante dos gargalos nas cadeias produtivas. Em coletiva à imprensa nesta terça-feira, a porta-voz disse que "os problemas de oferta são multifacetados" e que, neste momento, o foco da administração está nos portos.

continua após publicidade

Jen Psaki afirmou que alguns portos nos Estados Unidos estão lidando com um volume 30% maior de bens recentemente, dado que "há mais empregos e as pessoas estão gastando mais".

Em conta oficial no Twitter, o porto de Los Angeles informou que, com a colaboração de parceiros ferroviários, o tempo de espera dos trens foi reduzido em mais da metade nos últimos 30 dias.

continua após publicidade

Questionada sobre por que o presidente Joe Biden não agiu com antecedência para solucionar os gargalos, Psaki garantiu que o problema está sendo tratado desde fevereiro e, mais uma vez, atribuiu a culpa aos volumes de bens demandados acima da média.

Taxação de carbono

A secretária de imprensa da Casa Branca afirmou que a taxação de carbono não está fora de discussão nas negociações do presidente dos EUA com o Congresso sobre seu pacote social e ambiental de US$ 3,5 trilhões. Questionada por um repórter, a porta-voz disse que "nenhuma opção está descartada". "Esta é uma negociação em andamento", afirmou Psaki, em coletiva à imprensa,.

continua após publicidade

A porta-voz pontuou, porém, que a ideia não foi de Biden.

De acordo com o repórter, o senador Joseph Manchin, de Virgínia, disse que a taxação de carbono não aparece nas discussões por parte da Casa Branca, ainda que esta afirme haver espaço para avanços na legislação sobre clima.

Também segundo Psaki, Biden mantém a promessa de campanha de não aumentar impostos para indivíduos que ganham menos de US$ 400 mil por ano.