MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

FMI vê 'bom progresso' em plano para estabilizar Argentina, mas alerta para desafio à frente

A diretora de Comunicações do Fundo Monetário Internacional (FMI), Julie Kozack, reconheceu nesta quinta-feira, 7, que o processo de estabilização econômica da Argentina teve "bom progresso" nos últimos meses, mas afirmou que o caminho à frente ainda será

André Marinho (via Agência Estado)

·
Escrito por André Marinho (via Agência Estado)
Publicado em 07.03.2024, 13:09:00 Editado em 07.03.2024, 13:14:01
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A diretora de Comunicações do Fundo Monetário Internacional (FMI), Julie Kozack, reconheceu nesta quinta-feira, 7, que o processo de estabilização econômica da Argentina teve "bom progresso" nos últimos meses, mas afirmou que o caminho à frente ainda será "desafiador". Em coletiva de imprensa, Kozack disse que o governo do presidente argentino, Javier Milei, precisará adotar uma política ágil e eficiente para assegurar a retomada de um crescimento econômico mais sustentável.

continua após publicidade

A porta-voz do FMI acrescentou que a maior parte do ajuste não pode recair sobre as famílias mais pobres.

Kozack também exortou as autoridades argentinas a implementarem um plano que garanta a consolidação fiscal, o fim do financiamento monetário da dívida e uma política cambial mais efetiva.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "FMI vê 'bom progresso' em plano para estabilizar Argentina, mas alerta para desafio à frente"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!