Economia

Fluxo cambial total em maio é negativo em US$ 5,760 bilhões, afirma BC

Thaís Barcellos (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Depois de encerrar abril com entradas líquidas de US$ 7,727 bilhões, o fluxo cambial registrado para o Brasil ficou negativo em US$ 5,760 bilhões em maio, informou nesta quarta-feira, 27, o Banco Central. Mesmo com nova atualização, os dados de fluxo cambial ainda estão atrasados devido à greve dos servidores do BC, encerrada no dia 5 de julho. Hoje, deveriam estar disponíveis os resultados até o dia 22 deste mês.

continua após publicidade

Em maio, o canal financeiro do fluxo cambial apresentou saídas líquidas de US$ 6,142 bilhões. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 46,231 bilhões e de retiradas no total de US$ 52,373 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo em maio foi positivo em US$ 382 milhões, com importações de US$ 23,497 bilhões e exportações de US$ 23,879 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 3,001 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 6,175 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 14,703 bilhões em outras entradas.

continua após publicidade

Acumulado do ano

Em 2022 até maio, o fluxo para o Brasil ficou positivo em US$ 12,651 bilhões. No mesmo período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 10,892 bilhões, já no ano fechado de 2021, houve entrada líquida de US$ 6,134 bilhões.

O canal financeiro do fluxo cambial apresentou saídas líquidas de US$ 4,870 bilhões no acumulado do ano. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 236,590 bilhões e de retiradas no total de US$ 241,461 bilhões.

No comércio exterior, o saldo em 2022 até maio foi positivo em US$ 17,522 bilhões, com importações de US$ 96,299 bilhões e exportações de US$ 113,821 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 17,140 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 26,455 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 70,226 bilhões em outras entradas.