Economia

Fernández diz que Argentina chegou a um acordo com o FMI

Da Redação ·

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, afirmou nesta sexta-feira, 28, que chegou a um acordo sobre a dívida do país com o Fundo Monetário Internacional (FMI). "Tínhamos um problema e agora temos a solução com o acordo", disse em comunicado postado no Twitter.

continua após publicidade

E acrescentou: "Com esse acordo, podemos construir um futuro. Em comparação com acordos anteriores que a Argentina firmou, esse acordo não contempla restrições que atrasam o desenvolvimento. Não restringe, não limita e não condiciona os direitos recuperados em 2020."

Além disso, segundo Fernández, o acerto com o FMI não obriga o país a fazer uma reforma trabalhista e nem a chegar a um déficit zero. "Não haverá queda de gastos reais e haverá um aumento de investimentos em obras públicas", destacou.

continua após publicidade

O presidente argentino ainda destacou que o acordo será submetido ao Congresso para considerações e aprovação.