MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Exportação de bens industriais do Brasil aos EUA atinge recorde em 2023, mostra Amcham

As exportações brasileiras de bens industriais para os EUA atingiram um recorde de US$ 29,9 bilhões em 2023, segundo dados do "Monitor de Comércio", da Amcham Brasil. O valor reflete a qualidade das trocas entre os dois países, com "expressiva diversifica

Letícia Naome (via Agência Estado)

·
Escrito por Letícia Naome (via Agência Estado)
Publicado em 12.01.2024, 13:41:00 Editado em 12.01.2024, 13:47:08
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

As exportações brasileiras de bens industriais para os EUA atingiram um recorde de US$ 29,9 bilhões em 2023, segundo dados do "Monitor de Comércio", da Amcham Brasil. O valor reflete a qualidade das trocas entre os dois países, com "expressiva diversificação, intensidade tecnológica e agregação de valor", analisa Abrão Neto, CEO da Amcham Brasil. Aos Estados Unidos, são exportados diferentes tipos de produtos, que vão, por exemplo, de suco de laranja, celulose e itens da construção civil a aeronaves e suas partes, motores e máquinas elétricas. Em nota, a Amcham aponta que o déficit comercial do Brasil com os EUA caiu 92,1%, passando de US$ 13,9 bilhões em 2022 para US$ 1,1 bilhão em 2023, constituindo, dessa forma, o menor saldo negativo desde 2017. Neto destaca ainda que o comércio Brasil-EUA demonstra a importância da relação bilateral, em contexto no qual o Brasil tem "priorizado objetivos como a neoindustrialização, maior participação de produtos industriais na pauta exportadora e atração de investimentos produtivos". A pesquisa aponta que os EUA são o destino de 16,9% das vendas externas da indústria de transformação brasileira, o que coloca o país como principal mercado nesse segmento, à frente da União Europeia (US$ 23,6 bilhões) e do Mercosul (US$ 19,4 bilhões).

continua após publicidade
Perspectivas para 2024

Para 2024, deve haver um ligeiro aumento no comércio Brasil-EUA, com um crescimento previsto para as economias e também para as importações dos países, segundo projeta a Amcham, "mesmo que em baixa intensidade". Estabilização dos preços internacionais, demanda crescente nos setores industrial e de construção civil norte-americanos são fatores que enquadram a perspectiva para o ano, acrescenta a entidade. O período também marca o aniversário de 200 anos das relações diplomáticas entre os dois países, o que "oferece um contexto emblemático para lançar as bases de um novo ciclo para o aprofundamento da integração bilateral", destaca o CEO da Amcham Brasil.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Exportação de bens industriais do Brasil aos EUA atinge recorde em 2023, mostra Amcham"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!