Economia

Expedição de caixas e papelão ondulado cai 4,3% em dezembro, diz Empapel

Da Redação ·

A expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado chegou a 312,838 mil toneladas em dezembro, queda de 4,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo a Associação Brasileira de Embalagens Em Papel (Empapel), o volume de expedição por dia útil foi de 12,032 mil toneladas no mês, também uma queda de 4,3% na comparação anual, visto que dezembro de 2021 registrou a mesma quantidade de dias úteis na comparação com dezembro de 2020.

continua após publicidade

A prévia dos indicadores da Empapel sinaliza que o Índice Brasileiro de Papelão Ondulado (IBPO) também caiu 4,3% em dezembro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 139,3 pontos. Este é o primeiro recuo interanual do indicador para os meses de dezembro desde 2018.

Segundo os dados livres de influência sazonal, a prévia de dezembro registra a primeira alta, de 1,6%, depois de cinco meses seguidos de queda do IBPO, para 148,3.

continua após publicidade

O volume expedido apenas de papelão ondulado foi de 332,204 mil toneladas, maior volume desde setembro de 2021 (333.129 toneladas). A expedição por dia útil nos dados sazonalmente ajustados foi de 12,777 toneladas, queda de 6,2% sobre o mês anterior.

Considerando o resultado do quarto trimestre, a Empapel apurou uma queda na expedição de papelão ondulado de 5,3% na comparação com o mesmo período de 2020. Em 2021, o volume foi de 4,077 milhões de toneladas, um crescimento de 4,3% em relação a 2020.