Economia

EUA: para aplacar resistência, Pelosi propõe tramitação simultânea de pacotes

Da Redação ·

Após um grupo de deputados democratas ameaçar barrar a aprovação do pacote de investimentos em infraestrutura aprovado no Senado dos EUA nesta semana, a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, sugeriu neste domingo, 15, um acordo para garantir o aval à pauta. Na sexta-feira, 13, uma coalizão de parlamentares moderados do partido governista avisou a Pelosi que não votaria o texto que prevê US$ 3,5 trilhão em despesas para áreas como educação e saúde sem antes votar a matéria de US$ 1,2 trilhão para infraestrutura.

continua após publicidade

A ameaça tem o potencial para complicar os planos da líder da Câmara de submeter à votação primeiro o marco orçamentário, que enfrenta firme oposição de republicanos, conforme mostrou reportagem do Broadcast.

Para tentar solucionar o dilema, Pelosi propôs, em um carta aberta divulgada hoje, votar os dois textos simultanemente. "Solicitei que o Comitê de Regras explore a possibilidade de uma opção que avance tanto a resolução orçamentária quanto o pacote de infraestrutura bipartidária", afirmou.

continua após publicidade

A democrata confirmou também que a tramitação seguirá em 23 de agosto, quando a Câmara dos EUA volta de recesso. "Esses projetos de lei promoverão a equidade em como construímos nossa infraestrutura física e a justiça em como construímos nossa infraestrutura humana. Eles serão transformadores para nossa economia", destacou.