Economia

EUA não tomarão decisões no curto prazo que elevem mais os preços de energia

Da Redação ·

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, afirmou nesta terça-feira, 26, que os Estados Unidos não pretendem tomar decisões no curto prazo que elevem mais os preços de energia. Durante audiência no Comitê de Relações Exteriores do Senado em Washington, ele ponderou que uma medida do tipo na verdade poderia beneficiar o presidente da Rússia, Vladimir Putin, por aumentar a receita da Rússia no setor de energia.

continua após publicidade

Blinken disse que os EUA têm buscado que outros países "voluntariamente" deixem de comprar da Rússia nesse setor, mas não falou em sanções contra os que continuam a fazê-lo.

Ele também afirmou que a Europa de fato deseja depender menos da Rússia em energia.

continua após publicidade

A autoridade ainda revelou que os EUA pretendem enviar diplomatas de volta à Ucrânia nesta semana. Segundo Blinken, o governo americano mantém contatos com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, sobre o que é necessário para prosseguir com a ajuda no conflito.