MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Empresários insistem que desoneração da folha seja votada ainda este ano

Durante almoço realizado em Brasília nesta terça-feira, 18, empresários insistiram que a desoneração da folha de pagamentos seja votada ainda este ano pelo Congresso Nacional. "Pedi que a desoneração ainda saia este ano. É difícil, mas não é impossível",

Célia Froufe (via Agência Estado)

·
Escrito por Célia Froufe (via Agência Estado)
Publicado em 18.10.2022, 15:49:00 Editado em 18.10.2022, 15:56:00
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

Durante almoço realizado em Brasília nesta terça-feira, 18, empresários insistiram que a desoneração da folha de pagamentos seja votada ainda este ano pelo Congresso Nacional. "Pedi que a desoneração ainda saia este ano. É difícil, mas não é impossível", avaliou o presidente do Instituto Unidos Brasil (IUB) e da Associação de Lojistas de Shopping Centers (Alshop), Nabil Sahyoun.

continua após publicidade

Para o membro do IUB e CEO da Yalo, Antônio Castilho, o papel do instituto é o de provocar o debate. "Depois de passar por um debate pela sociedade, tem que passar para as comissões", salientou.

A proposta do IUB é clara, de acordo com ele, mas não é a única apresentada até aqui. O empresário enfatizou que nenhuma proposta da entidade visa a aumentar impostos.

continua após publicidade

O presidente da Confederação Nacional de Serviços (CNS), Luigi Nesse, também voltou a defender a recriação da CPMF para financiar essa desoneração. Como argumento a favor da contribuição, ele reforçou que se trata de uma tributação paga "por todos", desde o bandido até o fiel que entrega o dízimo à Igreja.

Nesse relatou que conversou com a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) na semana passada sobre o assunto. "Não gostam da CPMF e dão como desculpa ficarem atrelados com o governo para fazerem a arrecadação", descreveu.

Apesar disso, o presidente da CNS disse que os empresários estão abertos a receber alternativas ao financiamento da desoneração. "Falar de CPMF na Febraban é proibido, mas aceitaram conversar sobre o assunto. Todo mundo é favorável à desoneração. A grande questão é a escolha da tributação substituta", considerou.

Nabil, da Alshop, salientou que 17 segmentos já conseguiram renovar a isenção da desoneração, mas que não é justo que os demais não tenham esse benefício. "Tudo o que compramos hoje tem até 60% de imposto embutido porque temos de sustentar esse paquiderme em Brasília. Essa desigualdade precisar ser combatida. E quem vai ganhar com isso? A sociedade civil."

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

Deixe seu comentário sobre: "Empresários insistem que desoneração da folha seja votada ainda este ano"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
Compartilhe! x

Inscreva-se na nossa newsletter

Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!