Economia

Embraer apresenta configuração de avião semiprivado para jatos ERJ 145 usados

Da Redação ·

A Embraer informa que apresentou uma configuração de avião semiprivado para jatos ERJ 145 usados, a qual inclui assentos de classe executiva para aumentar o conforto dos passageiros. Segundo a empresa, a conversão será possível por meio de um certificado de tipo suplementar (STC), atualmente em desenvolvimento pela Embraer, e todos os ERJ 145 são passíveis de conversão em aviões semiprivados.

continua após publicidade

"A Embraer avalia constantemente as necessidades dos clientes para oferecer soluções inovadoras, atendendo novos requisitos do mercado, por isso desenvolvemos a nova conversão para semiprivado", disse Marsha Woelber, Diretora Global de Suporte ao Cliente de Aviação Executiva e Pós-Venda, Embraer Serviços & Suporte em nota. "Identificamos essa oportunidade devido ao crescente número de aeronaves com interiores semiprivados, que dobrou em dois anos, passando de 21 em 2019 para mais de 40 em 2021. Com a pandemia, acreditamos que esse número aumentará ainda mais."

A aeronave ERJ 145 de 50 lugares agora pode ser configurada de 16 a 28 assentos premium com configuração de um assento em cada lado do corredor, aumentando o distanciamento social e o conforto. Outras características são o piso plano e a remoção dos compartimentos de bagagem superiores, o que amplia o espaço pessoal dos passageiros. Todo o processo de conversão pode ser realizado nos Centros de Serviços próprios da Embraer.

continua após publicidade

A Embraer tem como público-alvo passageiros que geralmente viajam de primeira classe e podem exigir opções de voo mais convenientes. O jato ERJ 145 semiprivado permite que esses clientes evitem grandes aeroportos congestionados e economizem tempo, proporcionando uma melhor experiência aos passageiros que irão embarcar e desembarcar em um terminal privativo.