Economia

Elon Musk rescinde acordo de US$ 44 bilhões para compra do Twitter

Empresa que comanda a rede social não cumpriu suas obrigações contratuais

Ilana Cardial (via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Às 18h48 (de Brasília), a ação do Twitter caía 7,77% no After Hours em Nova York
fonte: Divulgação
Às 18h48 (de Brasília), a ação do Twitter caía 7,77% no After Hours em Nova York

Elon Musk decidiu rescindir o acordo para aquisição do Twitter, de acordo com documento protocolado junto à Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM americana), publicado nesta sexta-feira, 8. A proposta era de US$ 44 bilhões.

continua após publicidade

Representando Musk, em carta, o escritório de advocacia Skadden afirma que o Twitter "parece ter feito declarações falsas e enganosas nas quais o Sr. Musk se baseou ao celebrar" o contrato então negociado. Segundo eles, a empresa que comanda a rede social não cumpriu suas obrigações contratuais, ao "falhar e se recusar" a dar informações necessárias para a transação.

"Às vezes, o Twitter ignorou os pedidos do Sr. Musk, às vezes os rejeitou por motivos que parecem injustificados e às vezes alegou cumprir ao fornecer ao Sr. Musk informações incompletas ou inutilizáveis", diz o documento.

continua após publicidade

Entre as solicitações ignoradas, estaria a por informações sobre o processo do Twitter para identificar e suspender contas falsas e spam.

Às 18h48 (de Brasília), a ação do Twitter caía 7,77% no After Hours em Nova York.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News