MAIS LIDAS
VER TODOS

Economia

Durigan diz que responsabilidade fiscal é 'pedra de toque' para tudo o que é feito na Fazenda

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Dario Durigan, disse nesta segunda-feira, 27, que a responsabilidade fiscal é "pedra de toque" para tudo o que é feito pela equipe econômica e que o crescimento do País não pode ocorrer "a qualquer custo".

Iander Porcella e Fernanda Trisotto (via Agência Estado)

·
Escrito por Iander Porcella e Fernanda Trisotto (via Agência Estado)
Publicado em 27.11.2023, 15:22:00 Editado em 27.11.2023, 15:25:27
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

O secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Dario Durigan, disse nesta segunda-feira, 27, que a responsabilidade fiscal é "pedra de toque" para tudo o que é feito pela equipe econômica e que o crescimento do País não pode ocorrer "a qualquer custo". As declarações foram dadas durante o XVI Encontro Nacional de Administração Tributária (ENAT), que ocorre em Brasília.

continua após publicidade

"Estamos muito imbuídos de uma premissa que é uma finalidade de todos nós, o Brasil precisa crescer e se desenvolver, mas não pode fazer isso a qualquer custo. A gente tem um ambiente democrático a valorizar, temos responsabilidade que é pedra de toque para tudo que fazemos no ministério", afirmou Durigan.

A fala do secretário sobre responsabilidade fiscal ocorre após o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, vencer uma disputa interna sobre a meta fiscal de 2024. O chefe da equipe econômica conseguiu manter o objetivo de zerar o déficit das contas públicas no ano que vem, mesmo após o ministro da Casa Civil, Rui Costa, defender um rombo de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB).

continua após publicidade

O próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva havia colocado em dúvida a meta zero, mas Haddad ganhou tempo, pelo menos até março, quando sai o primeiro Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias de 2024, para tentar aprovar medidas de arrecadação no Congresso.

Durigan afirmou que, no curto prazo, é importante o papel das administrações tributárias no desenho dos julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) e na Medida Provisória (MP) 1185, que limita o uso de incentivos fiscais estaduais pelas empresas para pagar menos impostos federais. Já no médio e no longo prazo, segundo o secretário, a reforma tributária deverá gerar um grande ganho de produtividade, mas vai demandar regulamentação e muito diálogo e parceria entre todos os entes federativos.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Economia

    Deixe seu comentário sobre: "Durigan diz que responsabilidade fiscal é 'pedra de toque' para tudo o que é feito na Fazenda"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!