Economia

Dólar acompanha viés de alta no exterior com cautela sobre cepa delta e China

Da Redação ·

O dólar opera em alta moderada no mercado doméstico na manhã desta terça-feira, 27. O ajuste acompanha uma valorização discreta da moeda americana ante pares principais e algumas divisas emergentes, como peso mexicano, diante da cautela persistente nos mercados internacionais com o aumento das infecções pela cepa delta de coronavírus no mundo e o cerco regulatório do governo da China sobre vários setores da economia, como os de tecnologia, educação privada e commodities.

continua após publicidade

Em Nova York,os índices futuros Dow Jones e S&P500 reduziram perdas, na esteira do índice de tecnologia Nasdaq, que passou a exibir viés de alta, antes da divulgação de balanços de "big techs" como Apple, Alphabet e Microsoft, após o fechamento dos negócios.

Com uma redução leve da busca por segurança, o índice DXY, que mede a variação do dólar contra seis pares, desacelerou a alta e os juros dos Treasuries ainda recuam, mas longe das mínimas do dia. Às 9h22 desta terça, o dólar à vista subia 0,17%, a R$ 5,1835. O dólar futuro para agosto ganhava 0,16%, a R$ 5,1860.